DITR 2018 - CONHEÇA AS REGRAS PARA A APRESENTAÇÃO


Foi publicada, no Diário Oficial da União de 31.07.2018, a Instrução Normativa RFB nº 1.820, de 2018, que dispõe sobre a apresentação da Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) referente ao exercício de 2018.

- Quem está Obrigado a Apresentar
Está obrigada a apresentar a DITR a pessoa física ou jurídica, exceto a imune ou isenta, proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título, inclusive a usufrutuária, um dos condôminos e um dos compossuidores.
Também está obrigada, a pessoa física ou jurídica que, entre 1º de janeiro de 2018 e a data da efetiva apresentação da declaração, perdeu a posse do imóvel rural, o direito de propriedade pela transferência ou incorporação do imóvel rural ao patrimônio do expropriante ou a posse ou a propriedade do imóvel rural, em função de alienação ao Poder Público, inclusive às suas autarquias e fundações, ou às instituições de educação e de assistência social imunes do imposto.
- Como Elaborar
A DITR deve ser elaborada com o uso de computador utilizando o Programa Gerador da Declaração do ITR, relativo ao exercício de 2018 (Programa ITR2018), a ser disponibilizado à época própria no sítio da Receita Federal na internet.
Período de Apresentação
O período de apresentação tempestivo da DITR começa no dia 13 de agosto e encerra às 23h59min59s, horário de Brasília, do dia 28 de setembro de 2018.
- Multa
A multa para o contribuinte que apresentar a Declaração depois do prazo é de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o total do imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50,00.
- Retificação
Se, depois da apresentação da declaração, o contribuinte verificar que cometeu erros ou omitiu informações, deve retificá-la apresentando nova declaração, antes de iniciado o procedimento de lançamento de ofício, sem a interrupção do pagamento do imposto. A declaração retificadora tem a mesma natureza da declaração originariamente apresentada, substituindo-a integralmente. Essa declaração deve conter todas as informações anteriormente declaradas com as alterações e exclusões necessárias, bem como as informações adicionadas, se for o caso. Para a elaboração e a transmissão de declaração retificadora deve ser informado o número constante no recibo de entrega da última declaração apresentada, relativa ao mesmo ano-calendário.


Para saber mais acesse:
http://normas.receita.fazenda.gov.br/sijut2consulta/link.action?idAto=93748&visao=anotado 

Deixe um comentário

Mais informativos:

Entenda o que é desoneração da folha de pagamento Entenda o que é desoneração da folha de pagamento
MEI: Saiba como alterar os dados no Portal do Empreendedor MEI: Saiba como alterar os dados no Portal do Empreendedor
ENTENDA SE O MEI PAGA IMPOSTO PARA EMITIR NOTA FISCAL ENTENDA SE O MEI PAGA IMPOSTO PARA EMITIR NOTA FISCAL
Jornal Contabilidade Gamma - Edição 132 Jornal Contabilidade Gamma - Edição 132
Newsletter
Siga-nos